Covid-19: foi aprovado plano com estratégias de distribuição das vacinas na Irlanda

As vacinas serão distribuídas gratuitamente para todos que vivem na Irlanda.

O Gabinete assinou na manhã desta terça-feira (08/12), uma estratégia para o lançamento da vacina Covid-19 na Irlanda. A estratégia visa priorizar pessoas com mais de 65 anos que residem em instituições de cuidados, como lares de idosos, profissionais de saúde da linha de frente que estão em contato direto com pacientes e também pessoas com 70 anos ou mais.


Segue abaixo uma análise de como será a distribuição das vacinas, de acordo com o plano de estratégias que o Governo está preparando. O Ministro da Saúde Stephen Donnely reitera que os agrupamentos são temporários neste momento, e irão “evoluir e se adaptar com informações mais detalhadas sobre as vacinas e sua eficácia”.


1. Idosos com mais de 65 anos residentes de instituições de cuidados

Todos que vivem em lares de idosos - com mais de 65 anos - serão priorizados quando chegar o tempo de distribuição da vacina. De acordo com o Governo, essas pessoas correm "o maior risco de doenças graves e morte".


2. Profissionais de saúde que estão na linha de frente

Os próximos da fila serão os profissionais de saúde da linha de frente. Nesse grupo se enquadram aqueles que atendem e interagem com os pacientes com suspeita de Covid-19.

3. Adultos com 70 anos ou mais

Adultos com mais de 70 anos serão vacinados em seguida e separados na seguinte ordem:


80 a 84 anos

75 a 79 anos

70 a 74 anos


4. Profissionais de saúde que não estejam em contato direto com os pacientes

Os profissionais de saúde, mesmo aqueles que não têm contato direto com os pacientes, serão os próximos na fila. De acordo com o governo, é porque eles oferecem "serviços de saúde essenciais" e "protegem os pacientes".


5. Adultos de 65 a 69 anos

O governo afirma que adultos com idade entre 65 e 69 anos correm "maior risco de hospitalização e morte" como resultado do Covid-19. .


6. Trabalhadores-chave

A definição de trabalhador-chave não está esclarecida, mas o que sabemos por agora são aqueles considerados fornecedores de "serviços essenciais para a atividade social e econômica".


7. Adultos considerados da área de risco​, ​de 18 a 64 anos

Todos aqueles com doenças crônicas, que são considerados da área de risco, serão priorizados nessa etapa.


8. Residentes em instituições de longa permanência com idade entre 18 e 64 anos

Outro grupo vulnerável que será vacinado em ‘massa’, adultos com menos de 64 anos que residem em unidades de cuidado, pois representam um "alto risco de transmissão" aos olhos do Estado.


9. Adultos entre 18 e 64 anos vivendo em casas lotadas

Aqueles em grupos socioeconômicos vulneráveis - "onde o auto-isolamento e o distanciamento social são difíceis de manter" - serão os próximos.


10. Outros trabalhadores que são considerados das áreas essenciais

O Governo acredita que trabalhadores do sistema de abastecimento de alimentos, transporte público, comercial e outros serviços essenciais correm um risco maior pois não podem trabalhar em distanciamento social.


11. Todos que são essenciais para a educação

Toda ‘cadeia’ de funcionários que são necessários para as escolas funcionarem serão priorizados nessa etapa, desde professores, assistentes e até motoristas de ônibus escolares.


12. Adultos de 55 a 64 anos

O motivo pelo qual este grupo foi colocado em seguida é porque eles estão sob risco de hospitalização.


13. Pessoas que podem trabalhar de casa

O próximo grupo é constituído por adultos cujos trabalhos são importantes para o funcionamento da sociedade, mas que podem trabalhar seguindo medidas de proteção.


14. Adultos de 18 a 54 anos que ainda não receberam a vacina nos grupos anteriores

Se você for um adulto com idades entre 18 e 54 anos e não se enquadrar em nenhuma das categorias listadas acima, você receberá a vacina neste estágio.


15. Crianças, adolescentes até 18 anos e mulheres grávidas

Por último, mas não menos importante, vêm as crianças e as mulheres grávidas. O Governo entende que em relação as mulheres grávidas é que elas só devem tomar se houver risco mínimo, enquanto crianças e adolescentes correm menos risco do que qualquer outro grupo.



Fonte: The Irish Mirror

Imagem: BBC

315 visualizações0 comentário
SIGA-NOS NAS REDES
ENTRE EM CONTATO COM A GENTE!
+353 083 0691384
info@classificadosirlanda.com
Summerville Avenue,
South Circular Road,
Limerick, Ireland
arrow&v